27/07/2017 Sem categoria

Como usar calça branca?

KP_126

 

Temida por muitas, a calça branca divide opiniões: algumas amam, outras não usam de jeito nenhum. Mas com pequenos cuidados ela pode se tornar peça chave do seu guarda roupa!

A calça branca tem a possibilidade de ser um grande trunfo nas suas produções, já que pode ser usada em qualquer estação e, tanto em looks casuais, quanto formais. Tudo depende das outras peças, sapatos e acessórios que vão ajudar a compor a produção.

Uma dica importante para se usar calças brancas é sempre ficar atenta ao seu tipo de corpo: por ser uma peça com tendências a ‘colar’, você tem que escolher um modelo que te valorize e destaque suas curvas corretamente. E muito cuidado na hora de escolher a calcinha! Modelos sem costura são o ideal para não aparecerem e te deixarem ‘marcada’.

Alfaiataria, jeans comum, jeans rasgada, flare, palazzo… depois de eleita a calça branca que mais combine com você, são inúmeras as opções de combinações! Se liga só:

7b7dfab3914d3aaf1745bc82dcf33e56 radiofrequencia como-usar-calca-branca-005 IMG_7249-680x680 IMG_7248-680x680

25/07/2017 De bem com a vida

Inspira, respira, não pira!

A meditação e a busca por uma mente mais calma em meio ao estresse do dia a dia

 

 

Quanto tempo do seu dia você dedica para fazer coisas que te agradam e para cuidar de si mesmo?

Numa rotina acelerada, em que a maioria das pessoas têm que cumprir metas e longas jornadas de trabalho, o cuidado pessoal acabou ficando em segundo plano. Uma pesquisa realizada pelo International Stress Management Association (Isma-Brasil) apontou que o brasileiro é o segundo mais estressado do mundo. Mas, na mesma proporção em que as pessoas se desgastam, a busca pelo equilíbrio aumenta. A condição de esgotamento é um incômodo para a maioria da população, que procura, cada vez mais, viver uma vida mais leve e saudável. A questão é: como?

Essa foi a pergunta que Gabriela Nery fez a si mesma quando percebeu que a agitação e a ansiedade estavam atrapalhando a sua vida. A resposta ela encontrou na meditação. “Depois que eu me tornei mãe, resolvi que não poderia mais viver tão no automático e que precisava ser uma pessoa melhor. Tinha uma amiga que meditava e eu achava que aquilo nunca seria para mim. Mas, como eu não queria mais lidar com aquela tristeza, resolvi arriscar. E deu super certo! Foi a primeira vez que olhei pra dentro de mim, que me enxerguei. Foi ali que comecei a me entender. A encontrar respostas que só buscava fora de mim”, conta.

Na busca por autoconhecimento, a doutora em Veterinária passou por uma transformação tão profunda que mudou até de profissão. Atualmente ela trabalha com o que intitula “Terapia da Alma”, através de técnicas de Thetahealing, Leitura de Aura, Renascimento e Reiki. Essas técnicas são baseadas em teorias de cura energética, com o objetivo de reduzir o estresse, promover o relaxamento e um encontro profundo consigo mesmo.

A estudante de História Aline Abranches, também encontrou no Reiki e na meditação um caminho para levar uma vida mais calma. “A melhora no meu dia a dia veio ao longo do tempo. O segredo é você manter aquela vibração. O resultado é começar a ficar mais tranquilo e tentar buscar cada vez mais essa serenidade e o caminho do meio. O caminho do meio é isso: o equilíbrio.”

imagem_blog_03
Imagem: cedida por Aline Abranches

               A mente mente

O cuidado com a mente está diretamente ligado ao cuidado com o corpo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, o estresse gera um aumento na produção de glóbulos brancos no organismo que, em excesso, se acumulam na parede das artérias, reduzem o fluxo sanguíneo e, consequentemente, aumentam os riscos de doenças cardiovasculares.

Não raro, os sintomas de estresse são percebidos no corpo, desde os mais simples, como uma dor de cabeça constante, aos mais complexos, como o aumento da pressão arterial. Por isso Aline defende que cuidar da mente é fundamental para levar uma vida saudável. “A gente é tudo o que a gente pensa. Se eu estou mal mentalmente, vou ficar mal fisicamente também, porque meu corpo vai responder. Às vezes quando estamos muito estressados, temos insônia, dores no estômago. Pessoas que sentem muito medo, por exemplo, têm forte tendência a sentirem dores nos rins. A mente e o corpo estão atrelados.”

Além disso, o estresse, a agitação e a ansiedade podem ser os principais responsáveis por sentimentos de frustração e angústia. “Precisamos cuidar da mente para que ela não nos destrua. Não destrua nossos sonhos e nos impeça de sair da zona de conforto.”, diz Gabriela.

Os benefícios dos cuidados com a mente são inúmeros. Mas, para a terapeuta, o principal deles é o retorno ao presente. “A meditação nos traz para o momento presente, a viver o agora. O sofrimento nada mais é do que a resistência do que temos no hoje! Não adianta sofrermos pelo que já passou e nem ficarmos ansiosos pelo que ainda não chegou”.

gabrielaImagem: cedida por Gabriela Nery

 

 

               Não tenho tempo pra isso!

A busca pelo bem estar e pelo equilíbrio é constante. Mas, muitas vezes, em meio a uma rotina tão exigente, a pergunta que fica é: será que sobra tempo para acalmar a mente?

A resposta é: SIM!

De acordo com Gabriela, 5 minutos de um dia podem fazer a diferença para quem está buscando tranquilizar os pensamentos. “Toda vez que alguém diz que não tem tempo para meditar ou para fazer alguma coisa que possa ajudá-lo a aquietar a mente e a trazê-lo pro agora eu pergunto: quanto você está comprometido com a sua felicidade? Não existe “não tenho tempo”! Isso é uma crença que está impregnada na nossa sociedade para que a gente tenha sempre desculpa pra não fazermos as coisas. Perdemos muito tempo com coisas sem importância”, diz.

Outro obstáculo é a dificuldade de começar a meditação por não conseguir dominar a técnica. Gabriela explica que existem muitos tipos de meditação e que é preciso persistência. As terapias alternativas aparecem como uma sugestão para quem está nessa busca. “Há muitas outras maneiras de meditar sem estar de olhos fechados e sentado. Brincar com uma criança, pintar, surfar, correr, plantar, cozinhar…tudo o que nos traga para viver o momento presente 100%!”.

Para Aline, o segredo está na respiração: “Você está nervoso? Para, respira. A gente é tão acelerado que não consegue perceber a dádiva que é respirar. Então a sugestão que eu tenho é: pare, respire, agradeça. Antes de dormir, se você não consegue meditar, agradeça por tudo. Gratidão gera gratidão, que gera abundância, que gera paz, que gera tudo o que há de bom”.

Página 2 de 11912345Última »

Trabalhe conosco

Se você tem experiência em algum setor da indústria têxtil, tem interesse em trabalhar em uma de nossas unidades industriais, ou em uma de nossas lojas franqueadas, preencha o formulário e envie seu currículo para o nosso banco de dados.

Adicione seu currículo
Trabalhe Conosco